10 TENDÊNCIAS PARA O FUTURO DA EDUCAÇÃO

Tarefas: 


  1. A partir do vídeo analise de forma crítica a personalização do ensino que é pensada para o processo de ensino e aprendizagem.
  2. Discorra à respeito de pelo menos dois aspectos importantes relacionados com o engajamento e protagonismo do aluno frente à educação voltada para num novo paradigma comunicacional que é apresentado no vídeo.
  3. Quando pensamos a respeito das novas metodologias e perspectivas para a Educação, observa-se que vivemos um processo inovador que envolve o empoderamento e a personalização do ensino. Quais seriam então as novas possibilidades nas "10 Tendencias para o futuro da educação" e ainda, quais seriam os desafios para a sua implementação? Justifique a sua resposta.

Turma A

A partir do vídeo analise de forma crítica a personalização do ensino que é pensada para o processo de ensino e aprendizagem.

Discorra à respeito de pelo menos dois aspectos importantes relacionados com o engajamento e protagonismo do aluno frente à educação voltada para num novo paradigma comunicacional que é apresentado no vídeo. 

Quando pensamos a respeito das novas metodologias e perspectivas para a Educação, observa-se que vivemos um processo inovador que envolve o empoderamento e a personalização do ensino. Quais seriam então as novas possibilidades nas "10 Tendencias para o futuro da educação" e ainda, quais seriam os desafios para a sua implementação? Justifique a sua resposta.

Turma B

A partir do vídeo analise de forma crítica a personalização do ensino que é pensada para o processo de ensino e aprendizagem.

Discorra à respeito de pelo menos dois aspectos importantes relacionados com o engajamento e protagonismo do aluno frente à educação voltada para num novo paradigma comunicacional que é apresentado no vídeo.

Quando pensamos a respeito das novas metodologias e perspectivas para a Educação, observa-se que vivemos um processo inovador que envolve o empoderamento e a personalização do ensino. Quais seriam então as novas possibilidades nas "10 Tendencias para o futuro da educação" e ainda, quais seriam os desafios para a sua implementação? Justifique a sua resposta.



TURMA A

GRUPO 3

Géssica Silva

Laylyee Galvão

Raiane Santana


"10 tendências para o futuro da educação: possibilidades e desafios"

A seguir demonstramos, através de exemplos, as possibilidades potencializadas pelas 10 tendências par ao futuro da educação apontadas pelo vídeo em questão. Ao final, vemos uma visão crítica sobre as dificuldades para trabalhar essas tendências na nossa realidade.

1. Empoderamento do Aluno

Buscamos um exemplo de aplicação do empoderamento do aluno na escola Riversidade, na Índia. Nesta escola, uma das grandes linhas de atuação é a autonomia dos estudantes: estímulo a construção do próprio conhecimento com trocas que podem ocorrer entre colegas da mesma turma, alunos de diferentes faixas etárias, além da participação dos pais e comunidade.

É possível saber mais sobre o processo de empoderamento do aluno na escola Riversidade através do site Educação Integral, em português.

2. Educação Feliz e Saudável

A médica e professora Cristina Baptista discute na postagem "Por uma Sociedade mais Feliz e Saudável, através da Educação" porquê este é um tema importante e como mudar o sistema educativo para alcançar uma educação feliz e saudável e, consequentemente, uma sociedade mais feliz e saudável.

3. Aprendizagem Contínua

4. Cultura Maker

Turma A

Grupo 2 : Jean, Pedro Henrique e Nícolas

A educação voltada para o futuro, tal como apresentada no vídeo "10 tendências para o futuro da educação", não condiz com o modelo educacional da reprodução de informações e do "currículo engessado". O engajamento e o protagonismo estudantis são pilares deste novo paradigma educacional, onde o estudante é motivado e instigado a explorar suas potencialidades na busca de avanços e melhorias para todos.

A exploração das potencialidades dos educandos leva-nos a experimentar e conhecer seus objetivos de aprendizagem e isso depende de uma personalização do ensino. Essa personalização leva o estudante a não só ver "como se faz", mas também fazer e tem liberdade para criar. Esse processo é vivenciado na cultura maker, onde o uso das tecnologias assume importância fundamental. As ferramentas tecnológicas são maleáveis e propiciam um ambiente fértil para as inovações, e nessa aprendizagem por meio da prática o estudante é levado a empreender e desenvolver novos projetos com seus pares.

Esses dois aspectos aliados - a cultura maker e o estímulo ao empreendedorismo - são vivenciados e desenvolvidos em experiências como o letramento digital dos sujeitos do ensino - não somente os alunos -, no desenvolvimento de projetos, na criação de novos instrumentos e ferramentas para solucionar os problemas que surgirem, etc.

Entende-se que para atingir-se tais objetivos é necessária uma personalização do ensino, por isso, fornecer a liberdade necessária aos alunos e os conhecimentos sobre estes pelos professores criando-se um ambiente impulsionador para as inovações.