REDES DE COMUNICAÇÃO

A relação intrínseca entre a Educação a Distância e a Internet faz com que o estudo das Redes de Comunicação, que abordam principalmente as TICs (Tecnologias de Informação e Comunicação), seja bastante relevante.

Nesta seção, um pequeno vídeo educativo e textos mostram as principais atribuições de um Engenheiro de redes, a história das telecomunicações e a relação das TICs com a Educação a Distância, no passado e nos dias de hoje.

Você verá como as TICs tiveram (e ainda tem) um papel fundamental na EaD. Desde as aulas por meio do rádio até as diversas plataformas online que existem hoje em dia, possíveis após a criação da Internet, no final da década de 90.

Aprenderemos também sobre a Internet das Coisas, uma das tecnologias mais promissoras para o futuro da área, e exercitaremos a imaginação pensando em como ela pode se relacionar com a EaD. 

Fonte:

https://cdn.pixabay.com/photo/2014/08/16/07/49/ball-419199_960_720.png

Engenharia de Redes de Comunicação - UnB

O curso de Engenharia de Redes de Comunicação na Universidade de Brasília completa 20 anos em 2017. Os alunos estudam, desde o início, disciplinas da área, ao mesmo tempo em que cursam as do ciclo básico, como matemática e física. As específicas de redes envolvem aspectos teóricos e práticos e incluem desde o conhecimento dos equipamentos e dos protocolos de comunicação, até o projeto, implantação, desenvolvimento de aplicações, conteúdo, gerência e segurança de rede nos mais diversos ambientes. Tem recebido as melhores avaliações (conceito máximo - 5 estrelas) no âmbito do ENADE/MEC e do Guia do Estudante (editora Abril).

Fonte e maiores informações: www.redes.unb.br


História das Telecomunicações

E sua relação com a EaD

Veremos brevemente o histórico e relação com a Educação a Distância de tecnologias de destaque na comunicação: rádio, televisão e Internet.

Rádio

Unindo áreas do conhecimento como Eletromagnetismo e matemática, e utilizando estudos de cientistas consagrados como Heinrich Rudolf Hertz e James Clerk Maxwell, o primeiro protótipo do rádio foi criado por pelo engenheiro eletricista italiano Guglielmo Marconi, em 1895.

O rádio foi o principal meio de comunicação durante ao menos as cinco primeiras décadas do século XX. Seu sucesso se deu pela transmissão de jogos de futebol, novelas, e jornais. No Brasil, vários nomes de sucesso surgiram nessa época, como Dorival Caymmi e Cauby Peixoto.

Para a EaD, o destaque fica por conta as chamadas Escolas do Ar, que transmitiam suas aulas por meio do rádio. Elas possibilitaram que alunos que viviam em regiões remotas, como o deserto australiano, pudessem ter acesso ao conhecimento. A escola do ar australiana existe até hoje!

Fontes

https://transition.fcc.gov/omd/history/radio/documents/short_history.pdf

https://www.ebc.com.br/institucional/sobre-a-ebc/veiculos-da-ebc/2012/09/radios; 

https://www.australia.gov.au/about-australia/australian-story/school-of-the-air;

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/df/A_family_relaxes_at_home_in_Taunton%2C_Somerset%2C_on_a_Sunday_afternoon_during_1942._D12274.jpg; 

Televisão

A televisão era tida como uma obsessão por inventores da época, já que a transmissão de imagens em movimento parecia um sonho distante. Quando os primeiros aparelhos surgiram, na década de 1930, havia mais de 50 projetos em andamento. Nesta época, o rádio era o principal meio de comunicação, e por isso houve certa resistência das emissoras a investir numa nova tecnologia, muito mais cara, e que na época não tinha muita qualidade.

Apesar das dificuldades, uma das primeiras transmissões foi realizada pela empresa britânica BBC, em agosto de 1936. Nos anos seguintes, depois de algumas dificuldades (como a Segunda Guerra), a televisão se popularizou de vez. Talvez a única tecnologia que possa se tornar mais popular que a televisão, hoje em dia, seja a Internet, que começou a ser mais utilizada somente no início do século XXI.

No contexto da EaD, várias universidades adotaram os chamados telecursos. Além de transmissões para o meio acadêmico, até hoje são comuns programas e até canais de televisão educativos voltados para o público geral. Como exemplo, da rede Globo, destacam-se o canal Futura e o programa Telecurso, que surgiu na década de 80 e passa até os dias de hoje. Estes exemplos mostram o grande papel da televisão na Educação a Distância.

Fontes

https://www.bbc.co.uk/historyofthebbc/research/general/tvstory1;  

https://educacao.globo.com/telecurso/noticia/2014/11/historico.html;

https://c1.staticflickr.com/3/2730/4355598762_8ddb105835_b.jpg 


Internet

A implementação da Internet, a maior rede de comunicação do mundo, só foi possível graças aos grandes avanços na computação. No fim da década de 60 e auge da Guerra Fria, surgia a ARPANET, a primeira rede computacional, criada para fins militares.

O fato determinante para o advento da Internet da forma que a conhecemos hoje foi a criaçao da World Wide Web (WWW), pelo cientista da computação Tim Berners-Lee na década de 90. Depois dela, a popularização da Internet se deu muito rapidamente nas décadas seguintes. Não a toa, Tim recebeu diversos prêmios pelo seu trabalho, incluindo o prêmio Turing, considerado o prêmio Nobel da computação.

Podemos ver a Internet com sendo a principal TIC no para a educação a distância. Já vimos que o rádio e a TV foram de fundamental importância na EaD, mas a Internet introduziu uma nova maneira de lidar com a informação, agora sob demanda. Ao invés de esperar um horário determinado para obter a informação, o usuário pode agora procurar o que quiser, na hora que quiser.

No vídeo (parte inferior do website), são destacadas apenas algumas das muitas plataformas online que surgiram para a EaD: O Moodle, a Khan Academy e o Udemy.

Fontes:

https://www.livescience.com/20727-internet-history.html;

https://news.mit.edu/2017/tim-berners-lee-wins-turing-award-0404; 

https://cdn.pixabay.com/photo/2016/03/21/23/44/www-1271864_960_720.png

Vídeo

Acompanhe, em vídeo, o histórico das telecomunicações e a EaD um pouco mais detalhadamente. Adicionalmente, uma visão de uma tecnologia futura muito promissora: a Internet das Coisas.