APRENDER A CONHECER

"Aprender a conhecer, combinando uma cultura geral, suficientemente ampla, com a possibilidade de estudar, em profundidade, um número reduzido de assuntos, ou seja: aprender a aprender, para beneficiar-se das oportunidades oferecidas pela educação ao longo da vida." (DELORS, segunda parte, no capítulo 2, p. 29, 2010)

1º pilar da educação: 

Aprender a conhecer

Na sociedade do conhecimento, da aprendizagem, novas possibilidades tecnológicas interferem sobre a percepção, o modo de atuar e viver dos seres humanos. Muitas são as oportunidades de aprender: no ambiente escolar, nas práticas econômicas, sociais e culturais. E surgem novas possibilidades para "ajudar a compreender o mundo e o outro, a fim de que cada um adquira maior compreensão de si mesmo" (idem, p.26) .

Que tal refletir sobre o o conceito de "sociedade educativa", na qual tudo pode ser uma oportunidade para aprender e desenvolver os talentos?( idem, p.32).

Será que basta o acesso à informação? Qual o papel da escola, dos aprendentes e dos ensinantes nesse processo de aprender a conhecer?

Como essa concepção altera o seu próprio comportamento?


Participantes

Laylyee

Giovani

Raiane 

Brenna

Aprendendo a Conhecer

Aprender a conhecer nossos próprios sentidos e dar vazão para aquilo que nos interessa é a ideia do vídeo proposto por Rubem Alves. Para aprender é preciso fazer. As crianças tem verdadeiro interesse por aprender a fazer. O tempo todo elas experienciam e buscam novas soluções. Gostam de descobrir sozinhas as coisas, mas também gostam de aprender em equipe. Veja nas escolas de educação infantil e ensino fundamental quando é proposto um trabalho em equipe elas se mobilizam juntas do jeito delas e apresentam o que aprenderam, basta dar a oportunidade. Elas desenvolvem equipe cooperativa entre si, reelaboram as descobertas, propõe outras saídas para as mesmas perguntas e indagações fazem trocas entre si de seus saberes, tem iniciativa própria, tem intuição. Gostam de aprender correndo riscos e se comunicam para isto, muitas vezes há os conflitos mas também aprendem sobre ser flexível, é necessário ouvir o outro colega e assim desenvolvem técnicas de convívio e de respeito. Quantas vezes nós mesmos quando crianças brincando em grupo, brigávamos e logo estávamos de bem? Isto são nossas memórias e a prova de que juntos e no coletivo conseguíamos encontrar um objetivo comum tanto na brincadeira quanto na maneira de brincar aprendendo.

Nossa memória é a nossa identidade, também, podemos dizer assim que tudo que aprendemos está guardado na nossa memória, através disso se constrói conhecimento e também sentimentos sobre o que aprendemos. Lembramos muitas vezes de coisas que não foram tão agradáveis mas se nos lembramos é porque houve um aprendizado se não nem lembraríamos. 

Educar e ensinar é mostrar a vida à quem ainda não viu. (Rubem Alves). Educadores certamente são pessoas que amam as crianças, não basta amá-las é preciso que a gente ensine o mundo às crianças. O ato de aprender é maravilhoso e precisamos como educadores ensinar isto às crianças, compreender, construir, descobrir valorizar a curiosidade, a autonomia a atenção permanente. É preciso reinventar o velho, construir o novo e sonhar, quem sonha descobre um novo mundo. 

E o que é aprender a conhecer?

Karen Elen
Ruan Yordan
Turma B
 

Aprender a conhecer é o interesse que gera no indivíduo, é a busca incessante pelo conhecimento. Cada vez mais o mundo vai evoluindo, tecnologias vão surgindo e tudo está mudando muito rápido. Temos muita informação disponível, porém ainda se torna muito difícil conhecer. Não basta somente ter acesso à informação, devemos aprender a compreender, aprender a selecionar aquilo que é relevante para nossa vida. É de grande importância despertar isso nos estudantes, despertar a sede de conhecimento, é então que entra o papel do educador. Este pilar também está ligado aos processos cognitivos, a memória, pois de acordo com o professor Rubem "o aprendido é aquilo que fica depois que o esquecimento fez o seu trabalho."

Cada um de nós temos uma forma de aprender, perceber, captar e lidar com o processo de aprendizagem e conhecimento, e reagindo de diferentes formas de acordo com o meio em que é passado o conhecimento/experiencias para aprender. Com o advento da tecnologia, parece que sabemos de tudo, pois tudo está na palma de nossa mão, mas devemos perceber que a realidade é completamente diferente é muito mais complexa do que nossas explicações e que devemos aprender a compreender e selecionar o que realmente é importante para nós. Será que realmente estamos buscando aprender a conhecer?