Principais Autores e Obras da Literatura  Brasileira e Espanhola.


Principais autores brasileiros e suas obras:

Clarice Lispector

Clarice Lispector (1920 - 1977) foi uma escritora e jornalista nascida na Ucrânia e naturalizada brasileira. Autora de romances, contos e ensaios, sendo considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX e a maior escritora judia desde Franz Kafka. Sua obra está repleta de cenas cotidianas simples e tramas psicológicas, sendo considerada uma de suas principais características a epifania de personagens comuns em momentos do cotidiano. 
Algumas de suas obras: Perto do Coração Selvagem; O Lustre; A Cidade Sitiada; A Maçã no Escuro; A Paixão segundo G. H. ; Água Viva; A Hora da Estrela, Felicidade Clandestina e outros.

Gonçalves de Magalhaes 

Domingos José Gonçalves de Magalhães (1811-1887) foi um escritor, professor e político brasileiro. Destaca-se como um dos principais poetas da Primeira Geração Romântica. É considerado o introdutor do Romantismo no Brasil.

Sua principal obra foi: Suspiros Poéticos e Saudades, publicada em 1836. 

Gonçalves Dias 

Antônio Gonçalves Dias (1823 -  1864) Foi um poeta, advogado, jornalista, etnógrafo e teatrólogo brasileiro. Um grande expoente do romantismo brasileiro e da tradição literária conhecida como "indianismo", é famoso por ter escrito o poema "Canção do Exílio" - um dos poemas mais conhecidos da literatura brasileira -, o curto poema épico I-Juca-Pirama e muitos outros poemas nacionalistas e patrióticos que viriam a dar-lhe o título de poeta nacional do Brasil. 

Álvares de Azevedo

Manuel Antônio Álvares de Azevedo ( 1831 - 1852) foi um escritor da segunda geração romântica (Ultrarromântica,  ou Mal-do-século), contista, dramaturgo, poeta e ensaísta brasileiro, suas obras em destaque são: Noite na Taverna e Lira dos Vinte Anos. 

José de Alencar

José Martiniano de Alencar (1829 -  1877) foi um escritor e político brasileiro. É notado como escritor, sendo fundador do romance de temática nacional e patrono da Academia Brasileira de Letras, como político, tendo sido ministro da Justiça durante o segundo reinado, e por sua tenaz defesa da escravidão no Brasil. Suas principais obras são: Iracema, Cinco Minutos, A Viuvinha, O guarani, ,Ubirajara, Lucíola,Diva, Senhora, dentre outros.

Machado de Assis

Joaquim Maria Machado de Assis ( 1839 -  1908) foi um enxadrista,contador e escritor brasileiro, amplamente considerado como o maior nome da literatura brasileira.
Escreveu em praticamente todos os gêneros literários, sendo poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista, folhetinista, jornalista, e crítico literário. Testemunhou a mudança política no país quando a República substituiu o Império e foi um grande comentador e relator dos eventos político-sociais de sua época.
Pincipais obras: Memórias Póstumas de Bras Cubas, Dom Casmurro, Quincas Borba, A Mão e a Luva, Helena, Contos Fluminenses, Histórias da Meia Noite e outros.  

Principais autores espanhois e suas obras:

MIGUEL DE CERVANTES

Miguel de Cervantes Saavedra (1547-1616) 

Foi um escritor e dramaturgo espanhol, sua obra "Dom Quixote de la Mancha", é uma sátira aos romances de cavalaria. Em 1605, foi publicada a primeira parte do livro "Dom Quixote", que foi sucesso imediato e teve seis edições no mesmo ano do lançamento. Escrevendo e tratando de negócios, Cervantes leva uma vida próspera em sua casa em Valladolid, junto com sua família. Em 1606 muda-se par Madrid. Em 1613 publica "Novelas Exemplares" e "El Viaje del Parnaso". Em 1614 surge uma falsa segunda parte de Dom Quixote assinada por Avellaneda. Mas em 1615 Cervantes publica a segunda parte de Dom Quixote "Delingenioso Cavallero Dom Quixote de La Mancha". O autor morre em Madri, Espanha, no dia 23 de abril de 1616.

GABRIEL GARCÍA MÁRQUEZ

Gabriel José García Márquez (1927 - 2014)

Escritor colombiano, autor do livro "Cem Anos de Solidão", publicado em 1967. Recebeu o prêmio Nobel de Literatura, em 1982, pelo conjunto de sua obra. Em 1962 ganhou o prêmio Esso de Romance, na Colômbia, com "O Veneno da Madrugada". Trabalhou em vários Jornais, foi correspondente internacional na Europa e em Nova York. Considerado o pai do movimento literário realismo mágico, é conhecido por sua técnica narrativa de misturar, de forma perfeita, fatos do cotidiano com elementos de fantasia. Outras obras de destaque são Crónica de una muerte Anunciada, El amor en los tiempos del cólera, La Hojarasca e El general en su laberinto. Recebeu o prêmio Nobel de Literatura em 1982.

JULIO CORTÁZAR

Julio Florencio Cortázar (1914-1984)

Escritor Argentino, em sua narrativa, reúne tanto a herança de Borges, Marechal e Macedonio Fernández como a de uma tradição europeia na linha da literatura fantástica surrealista. Seus melhores contos se encontram nos volumes Bestiario, Final deljuego e Las armas secretas. Viveu grande parte de sua vida em Paris, cidade que o inspirou a escrever aquele que seria seu principal romance, Rayuela (O jogo da amarelinha), considerada por muitos sua obra mestra, influenciou os jovens narradores hispano-americanos. Fiel a seu caráter inovador, inclui um breve capítulo no início da novela, no qual o autor ensina ao leitor as diferentes maneiras de ler a obra. 

PABLO NERUDA

Ricardo Neftalí Reyes Basoalto, pseudônimo de Pablo Neruda (1904-1973)

Poeta chileno, considerado um dos mais importantes escritores em língua castelhana e um dos melhores poetas do século XX. Recebeu o Premio Nobel de Literatura em 1971. Publicou mais de trinta obras de poesia em vida, de entre as quais, destaca-se "Veinte poemas de amor y una canción desesperada" que trata de uma recopilação de poesias que cantam o amor e o desamor com um inconfundível toque de nostalgia. Sua poesia é profundamente humana e oscila entre o romantismo doce e simples. Vê na mulher amada uma transfiguração da paisagem de rios e colinas. Obras publicadas "Os Versos do Capitão", "As Uvas e o Vento", "Arte de pájaros", "La barcarola", "Las manos del día", "Las piedras del cielo", "La Espada encendida", dentre outras.